Buscar
  • ANFIPA

Caso Ana Paula "Pituxita"

Atualizado: 24 de jun. de 2019

Há quem diga, pasmem, que a sociedade e a justiça brasileira é Machista, Paternalista e Opressora!?! Será? Atualmente, presenciamos um verdadeiro festival de horrores tanto de quem o pratica (Mulheres mitomaníacas, vis de personalidade histriônicas e manipuladoras!) e dos operadores de direito que endossam e empoderam tais atitudes.



ALIENAÇÃO PARENTAL JUDICIAL é a nômina para um dos mais graves tipos x causa desse crime hediondo contra as crianças, ALIENAÇÃO PARENTAL.


Como podem beneficiar tanto uma criminosa que se AUTOMUTILA e FALSAMENTE ACUSA seu ex marido PAI do FILHO dela e, uma vez que foi provado por VÍDEO toda a armação, o que aconteceu com a criminosa?


ABSOLUTAMENTE NADA!


A GUARDA CONTINUA SENDO DELA!? O PAI CONTINUA SENDO UM VISITANTE!?


Pergunto a todos:


Se o PAI realmente agredisse a MÃE, o que teria acontecido com ele? Com sua Paternidade?


Resposta automática e certa, AFASTAMENTO PATERNO. Visitas só assistidas a cada 15 dias! Por anos!!!


Há poucas semanas o Brasil (boa parte do mundo) parou quando houve o grande escândalo de ESTUPRO do Neymar por sua affair Najila numa suíte de um hotel em Paris. Estarrecimento e pré-julgamento de boa parte da imprensa.

Até que Neymar, acoado e acusado, decidiu mostrar ao mundo o que de fato aconteceu. No vídeo ele mostra as mensagens trocadas com a suposta vítima, desmascarando o vitimismo da acusadora.

Qual foi o resultado da sua defesa pública?

Mais uma acusação por crime virtual!?!


Compactuo com a máxima do Deputado Federal Cabo Junio Amaral: “ O estupro é crime tão irreparável e repugnante, que sua falsa acusação deveria ter pena semelhante, até porque nenhuma outra tipificação tem tamanho poder de destruição a quem é falsamente acusado.”


Contudo nossa justiça mostra a sua parcialidade.


Nas Varas de Família em geral, sentimos nas decisões judiciais uma parcialidade, tendenciosidade misândrica, onde os Pais só cabem o DEVER de pagar a pensão alimentícia sagrada mas o DIREITO da GUARDA COMPARTILHADA, que mesmo sendo lei promulgada em 2014 ( 13.058/14) não é aplicada?!?


Vemos nas VARAS DE FAMÍLIA BRASILEIRAS UMA INVERSÃO DO DIREITO DE FAMÍLIA! A GUARDA COMPARTILHADA É EXCEÇÃO e, a GUARDA UNILATERAL MATERNA VIROU REGRA!?


LUTEMOS PELA IGUALDADE DE GÊNERO, HOMENS E MULHERES DEVEM SER TRATADOS COM IGUALDADE, homens não podem e nem devem ter salários maiores que as mulheres fazendo o mesmo ofício - INJUSTO E IMORAL!


Da mesma forma, homens e mulheres devem ser responsabilizados pelos seus atos na mesma régua pela JUSTIÇA!!


Por fim, a ASSOCIAÇÃO NACIONAL EM DEFESA DOS FILHOS PELA IGUALDADE PARENTAL - ANFIPA, foi fundada para que Homens e Mulheres, em condições de absoluta igualdade/ igualitariedade JUNTOS possamos mudar essa triste realidade e, tenho fé de que conseguiremos.


Fé de sempre, lutar acreditando.


Enquanto respirar.


Pra cimaaaa 👋🏽


DIGA NÃO A ALIENAÇÃO PARENTAL!


Por nossos filhos.


#SPNV

#SOUPAINAOVISITA

#ANFIPA

#FILHOSDAALIENAÇÃO

#FAP

#dicasdeblog

34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo